sexta-feira, 8 de maio de 2020

O velho e o mar - Uma novela gráfica

SUGESTÃO DE LEITURA




O grande clássico de Ernest Hemingway é adaptado, de forma livre, para uma novela gráfica pelo francês Thierry Murat.
SINOPSE
Cuba, início dos anos 1950. Santiago, um velho pescador, sai para o mar após 84 dias sem pescar um único peixe. Todos os habitantes da ilha afirmam que Santiago está velho de mais e em maré de azar, mas Manolin, o pequeno rapaz, continua a acreditar nele apesar dos comentários depreciativos dos pais.
Ao 85.º dia, Santiago decide partir para o mais longe possível, ao largo do Golfo, em busca do peixe que lhe devolverá o respeito dos habitantes da ilha. É então que encontra um magnífico espadarte, enorme e forte. A luta homérica entre o velho e o peixe predador durará três dias e três noites: no regresso a terra firme, o velho, derrotado, recuperou a dignidade entre os seus pares após uma batalha corajosa.
Respeitando o estilo e o ritmo do texto original de Ernest Hemingway, Thierry Murat conseguiu transpor para imagens a mais fiável adaptação da poética aventura de O Velho e o Mar.

A Porto Editora tenciona editar mais novelas gráficas adaptadas de grandes clássicos da literatura.



sexta-feira, 1 de maio de 2020

5 de MAIO - DIA MUNDIAL DA LÍNGUA PORTUGUESA


Fica aqui a sugestão feita pelas Bibliotecas de Lisboa




Uma foto, um livro, uma língua.
O dia 5 de Maio é, pela primeira vez em todo o mundo, o Dia Mundial da #LínguaPortuguesa.
Até lá, vamos pôr o Facebook a celebrar a língua que nos une, a nós e a mais de 260 milhões de pessoas.
Se queres fazer parte da comemoração, copia este texto para o teu mural, fotografa-te com um livro de língua portuguesa à frente do rosto e nomeia 5 amigos com a frase:  Fui desafiado a partilhar a minha #CaraDeLivro com uma obra da língua portuguesa que me marcou.

No dia 5 de Maio, 11 autores de 8 países estarão juntos e em directo em lisboa5L.pt
#lisboa5L #dmlp
[2020-04-23]




terça-feira, 17 de março de 2020

"Poetando" para quem não gosta de poesia

Quem é que gosta de poesia? Assim começaram estas sessões para os alunos de 9º ano realizadas durante a Semana da Leitura.

Fica aqui a "reportagem".

Poetando on PhotoPeach

quarta-feira, 11 de março de 2020

Histórias tecidas no fio da memória

No âmbito da Semana da Leitura voltámos a receber a contadora de histórias Edite Gil que, através da magia da palavra, conseguiu prender a atenção dos alunos de 6º ano, durante as várias sessões que realizou.




segunda-feira, 9 de março de 2020

Olímpiadas da Cultura Clássica

No passado dia 4 de março, os alunos de 9º ano inscritos nas Olimpíadas da Cultura Clássica realizaram o desafio escrito.  Este incluiu um conjunto de questões sobre as três temáticas escolhidas  para este ano  e duas propostas para elaboração de textos.
 O desafio escrito, neste ano de 2019-20, foi realizado em formato digital, pela 1ª vez.
 

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Capulanas com histórias

Recebemos na biblioteca, nos dias 14 e 15 de janeiro, a contadora de histórias Paula Afonso que encantou as turmas de 5º ano com as suas histórias.

Em baixo ficam algumas imagens das sete sessões realizadas.

Capulanas com histórias on PhotoPeach


sábado, 18 de janeiro de 2020

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Leituras Ilustradas e Escrita Criativa


         Leituras ilustradas e escrita criativa. No início de janeiro, as duas turmas de 9º ano estiveram no templo da Poesia, no Parque dos Poetas, para terem uma aula diferente. A professora Cristília desafiou os alunos para uma experiência de escrita criativa inscrevendo as turmas da EB de S. Julião da Barra na oficina de Língua e Literatura “Leituras Ilustradas e Escrita Criativa” disponibilizada pela plataforma municipal “Oeiras Educa”.
Tomando como ponto de partida a observação de ilustrações da figura de Camões e após uma breve conversa sobre o que tinham visto, foram convidados a ler alguns poemas do autor e a selecionar nomes, verbos, adjetivos, advérbios e interjeições, que recortaram e colocaram num “aquário de palavras”.
A partir daqui passou-se ao momento de escrita, cada aluno tirou do aquário 5 palavras ao acaso, e um a um foram colando uma palavra de cada vez, formando um novo texto organizado em espiral.